quinta-feira, outubro 18, 2012

Sobre bloqueio criativo.


Procuro em outras línguas palavras para me expressar.
Descarto idéias como filtros de cigarro. Esqueço estilos. Pondero influências.
E, mesmo assim, nada.
Tento preencher o vazio da vida com palavras, ignorando todas as filosofia que doutrinam o contrário.
Abandonando tudo pela metade.

Um comentário: